Dieta sem Glúten – Lista de alimentos isentos dica de cardápios para celíacos

O glúten é uma proteína presente em grãos, como trigo, centeio, espelta e ceveda. Os alimentos que contêm glúten são, geralmente, muito calóricos e contribuem para o acumulo de gordura no corpo.

A dieta sem glúten tem por objetivo eliminar o consumo destes alimentos, almejando diminuir as medidas. Além disso, existem pessoas que possuem intolerância ao glúten e, por isso, necessitam de uma alimentação com total restrição desta proteína.

Alimentos que possuem glúten   

Estes são alguns dos alimentos que possuem esta proteína:

  • Cereais;
  • Amido;
  • Cuscuz;
  • Proteína vegetal;
  • Malte;
  • Farinha de espelta;
  • Pão;
  • Bolachas;
  • Macarrão;
  • Cevada;
  • Barras de cereais;
  • Xaropes;
  • Molhos à base de soja;
  • Condimentos;
  • Gorduras processadas;
  • Molhos industrializados.

dieta sem gluten beneficios

Alimentos que não contêm glúten

Como pode ser visto, são muitos os alimentos que possuem glúten e uma dieta com restrição desta proteína pode ser complicada. Entre os alimentos que não possuem glúten, estão:

  • Milho;
  • Farinha de mandioca;
  • Arroz;
  • Aveia;
  • Frutas e verduras;
  • Farinha de grão de bico;
  • Nozes;
  • Tapioca;
  • Carne;
  • Amaranto;
  • Ovo;
  • Frutos do mar.

alimentos sem gluten

A doença celíaca

No caso da pessoa necessitar fazer a dieta sem glúten por causa da doença celíaca, a restrição de alimentos com esta proteína é total, isso porque ela é uma doença autoimune, em que o sistema imunológico ataca o intestino na presença do glúten. Essa doença não tem cura e pode causar anemia, déficit de crescimento, osteoporose, câncer do intestino delgado, infertilidade, entre diversos outros problemas e sintomas.

Para estas pessoas, a dieta sem glúten é a única forma de tratamento existente, sendo que, na maioria das vezes, a doença se apresenta nos primeiros anos da criança. Entre os sintomas, pode-se citar diarreia, dor abdominal, queda de cabelo, fraqueza, entre outros sintomas. Por serem sintomas que podem estar associados com outras doenças, somente um exame de sangue poderá identificar com precisão a presença desta doença no organismo.

A dieta sem glúten é boa para emagrecer?

Sim, pois serão cortados do cardápio muito produtos que contribuem para o ganho de gordura. Porém, o indicado é que a pessoa associe esta dieta com a realização de atividades físicas, para poder perder gordura e definir o corpo.

Cortando esta grande quantidade de produtos calóricos do cardápio, em pouco tempo, os resultados poderão ser notados.

Caso a pessoa não possua intolerância ao glúten, não precisa ser retirado 100% do cardápio. O glúten não é de todo mal e possui ações benéficas ao organismo, assim como determinados alimentos que possuem esta proteína. É fundamental fazer uma boa pesquisa e ter a indicação de um especialista antes de cortar o glúten da sua dieta.

gastos da vida sem gluten

Benefícios do glúten

Entre os problemas que podem surgir ao retirar esta proteína da diet, e que justificam a não exclusão de 100% dele da alimentação, pode-se citar:

  • Insônia;
  • Falta de saciedade;
  • Ansiedade e depressão;
  • Queda das bactérias benéficas do organismo.

Realizar uma dieta com consciência é fundamental para que você não acabe desenvolvendo problemas graves em decorrência da falta de algum nutriente. A mudança dos hábitos alimentares também não é algo que ocorre da noite para o dia, devendo ser um processo feito com calma, para garantir que você emagreça de forma saudável.

Cuidados para a realização da dieta sem glúten

Uma vez que muitos produtos possuem em sua composição esta proteína, é preciso ter cuidado ao realizar esta dieta, pois a pessoa pode acabar excluindo nutrientes que são importantes para o organismo.

Por este motivo, é muito indicado que, antes de realizar a dieta sem glúten, seja consultado um médico ou nutricionista, pois só ele saberá indicar os alimentos substitutivos necessários para que o corpo não fique sem nenhum nutriente fundamental.

No caso de pacientes celíacos, cuja restrição ao glúten é total, é preciso ficar de olho em embalagens, para verificar se um produto possui esta proteína. É obrigatório que todos os produtos vendidos possuam em sua embalagem a informação sobre ter ou não glúten na composição do produto.

Poderão ser utilizados suplementos associados com a dieta sem glúten para potencializar a perda de peso e para complementar nutrientes fundamentais que os alimentos sem glúten não possuem.

Existem diversas receitas disponíveis na Internet que ensinam como alimentar-se com produtos que não possuam esta proteína. É possível, por exemplo, substituir a farinha de trigo pela farinha de mandioca e assim consumir um alimento que não possua glúten.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply