Dexametasona – Para que Serve, Contraindicações, Efeitos, Bula e Mais

Dexametasona é um medicamento anti-inflamatório e antialérgico, que faz parte do grupo dos corticosteroides – sendo um remédio potente para suas finalidades, que são combater reações alérgicas graves, infecções fúngicas sistêmicas, doenças reumáticas, doenças de pele, doenças no olho e região, doenças hormonais, edema cerebral, doenças gastrointestinais e muitas outras que estão listadas mais abaixo no texto.

Considerado um glicocorticoide sintético, ele é muito recomendado na indústria farmacêutica por seus resultados anti-inflamatórios e seu efeito leve no organismo. A dexametasona tem pouca propriedade responsável pela retenção de sódio. Esse medicamento tem princípios ativos bem fortes, portanto, pode ter reações adversas que interferem no sistema nervoso, assim como se usado de maneira desenfreada, pode desregular os sintomas da doença e atrapalhar o tratamento.

dexametasona-1Por ser um anti-inflamatório esteroide, ele impede o crescimento das células inflamadas no local afetado, agindo diretamente no processo de reprodução dessas células. O medicamento pode apresentar resultados o quanto antes, por isso não pare sem a indicação médica, principalmente se estiver em processo de cura de uma doença muito mais grave.

Esse medicamente é absorvido rapidamente pela forma oral e é metabolizado pelo fígado de maneira mais lenta que os outros corticoides, a dexametasona é eliminada pela excreção urinária e excreção renal. O medicamento é vendido em todas as farmácias, por isso é importante comparar preços em todos os locais disponíveis na sua região, isso pode te ajudar a economizar dinheiro.

Os medicamentos disponíveis nas redes de farmácias brasileiras que têm como principal ativo a dexametasona são: Dexamex, a própria dexametasona comprimido e também a injetável. Além disso, é possível encontrá-lo como creme de tratamento para alguns tipos de doenças, principalmente para quem está em época de gravidez ou amamentação.

Seu valor pode variar de R$ 5 até R$ 20, diferenciando o preço de acordo com a marca, se é genérico, manipulado, injetável, creme, colírio, xarope, elixir ou em comprimido, veja qual o mais indicado pelo seu médico. Ele vai ver todos eles e assim avaliar o que pode causar menos danos ao seu corpo, tudo dependendo dos medicamentos e categoria de todas as informações disponíveis.

Para que Serve

A dexametasona é muito prescrita por médicos para tratamentos intensivos de curtos períodos para as seguintes indicações:

  • Alergopatias: hipersensibilidade a medicamentos, asma brônquica, dermatite atópica, entre outras;
  • Dermatopatias: psoríase grave, dermatite esfoliativa, pênfigo, entre outras;
  • Doenças gastrintestinais no período crítico da colite ulcerativa regional;
  • Dor de cabeça, dor de garganta, problemas na pele e no tratamento de pacientes no processo anti-inflamatório;
  • Doenças reumáticas: artrite reumatoide, bursite aguda e subaguda, entre outras;
  • Edema cerebral;
  • Endocrinopatias: hiperplasia adrenal congênita, tireoidite não supurativa;
  • Estados edematosos aos princípios;
  • Hemopatias: anemia hemolítica adquirida, anemia hipoplástica congênita, entre outras;
  • Oftalmopatias: conjuntivite alérgica, herpes zoster oftálmico, neurite óptica, entre outras;
  • Para tratamento paliativo de leucemia e linfomas (em adultos) e leucemia aguda (em crianças);
  • Pneumopatias: sarcoidose sintomática, tuberculose pulmonar disseminada ou fulminante, pneumonia aspirativa, entre outras.

Alguns exemplos de outras doenças que podem se beneficiar da dexametasona são: meningite tuberculosa, triquinose (quando há comprometimento neurológico ou miocárdico), manutenção de casos de lúpus eritematoso, entre outros.

É para isso que a bula serve, onde você pode investigar qual interação medicamentosa deve tomar cuidado, assim como a consulta de remédios, quais os problema de limpeza e cuidados, é sempre importante que você informe seu médico se tem algum problema de ganho de peso, pressão alta, alguma reação da substância da dexametasona em questão.

Contraindicações

Como a maioria dos medicamentos, existem algumas contraindicações existentes em relação ao uso de dexametasona, veja quais são elas:

  1. Em casos de infecções fúngicas sistêmicas,
  2. Na hipersensibilidade aos componentes da fórmula,
  3. Em mulheres grávidas, devem prestar atenção aos níveis das doses substanciais corticosteroides,
  4. Em lactantes somente dosagens mais baixas.

dexametasona destaque

A bula da medicação apresenta todas as recomendações. Leia com cuidado antes de começar o tratamento – qualquer dúvida fale com seu médico. O medicamento não deve ser consumido sem indicação médica, isso porque contém várias reações adversas e interação ao corpo, por isso a bula deve ser lida com cuidado.

Posologia

A dexametasona pode ser encontrada nas farmácias em seis formas: em pomada, creme, comprimido, xarope, elixir e colírio.

A dose inicial desse medicamento geralmente é de 0,75 até 15 mg diárias, podendo variar da doença e da necessidade do paciente. Muitas farmácias entregam na residência, procure aquela que melhor atende sua demanda.

dexametasona-2

Cada tipo possui uma finalidade de tratamento, o acetato de dexametasona – que é a forma em creme – ,por exemplo, tem função de aliviar coceiras e inflamações e é de uso tópico.

Em caso de superdosagem, é aconselhado que o paciente dirija-se o mais rápido possível ao centro médico, é sempre preciso dar atenção quando o assunto é saúde.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns serão listados abaixo. É importante frisar que se você apresentar qualquer uma destas reações procure seu médico! Principalmente com contatos de reação medicamentosa e precauções necessárias com dexametasona comprimidos.

São eles:

  • Aumento de apetite,
  • Aumento de peso,
  • Dores de cabeça,
  • Insuficiência cardíaca,
  • Fraqueza muscular,
  • Hipertensão,
  • Irregularidades menstruais,
  • Mal-estar,
  • Convulsões,
  • Glaucoma,
  • Soluços,
  • Hipersensibilidade,
  • Retenção de sódio e de líquidos,
  • Vertigens.

As versões da dexametasona também podem ter efeitos colaterais diferentes. Um exemplo é no caso da forma em pomada: você poderá ter reações de irritações de pele e coceira – que poderá ocorrer em tratamentos mais longos.

Por isso é sempre relevante frisar que você precisa ter a indicação médica correta da quantidade, horário e dosagem do medicamento, caso contrário, as reações do seu corpo podem ser bem piores.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (461 votes, average: 4,49 out of 5)
Loading...

Leave a Reply