Depressão tem cura? Os 4 principais tratamentos e dicas para tratar de uma vez

A depressão tem cura. Ela é feita principalmente por meio de psicologia e mudança de hábitos de vida acompanhado por profissionais da área. O tipo de tratamento varia de acordo com o tipo de depressão que o paciente possui, já que as causas do problema podem ser variadas.

O primeiro passo para o tratamento é identificar o tipo de depressão e pedir ajuda. Cada pessoa pode adotar um método diferente que ajude na amenização da tristeza que acontece aos poucos e é variável. Confira os principais passos para curar a depressão:

1 – Alteração do estilo de vida

É complicado para uma pessoa que sofre com depressão alterar o seu estilo de vida, já que a doença atrapalha sua convivência com a sociedade. Mesmo assim, esse é um tipo de tratamento que auxilia na cura do problema. O importante é nunca alimentar o isolamento, a tristeza, o desânimo e os outros sintomas da depressão.

Os médicos irão recomendar a prática de atividades físicas, que fazem o corpo liberar endorfina. A endorfina auxilia na mudança de humor, deixando uma sensação de bem estar. A alimentação saudável também faz com que o paciente sinta-se mais disposto. A presença da família e amigos nesse momento é fundamental, já que eles podem ser a base para essa alteração no estilo de vida acontecer.

2 – Psicoterapia

Outro tratamento eficaz contra a depressão é a psicoterapia. São vários os tipos existentes, mas a que melhor apresenta resultados nos casos de depressão é a psicoterapia cognitiva comportamental.

Esse tipo de terapia faz com que o paciente tenha uma correção em seus pensamentos. Ou seja, eles são desestimulados a ter pensamentos negativos e colocar pensamentos positivos em seu lugar.  Com isso, as chances de uma adaptação ao mundo são maiores, já que uma das características marcantes da depressão são os pensamentos obscuros que podem levar ao suicídio.

3 – Medicamentos

Os antidepressivos também são muito utilizados para curar pacientes que sofrem com depressão. Esses remédios são controlados, o que impossibilita o acesso de qualquer um a eles. Alguns medicamentos são mais fortes do que outros, o médico responsável irá receitar o que melhor se enquadra com o tipo de depressão e também com o organismo do paciente.

No geral, esses remédios ajudam o paciente a se sentir melhor. Possibilitam uma boa noite de sono, regulam o apetite e promovem o bem estar do paciente. Em alguns casos, o uso de antidepressivos pode perdurar mesmo que a depressão tenha sido curada, pois em alguns níveis e tipos é possível sofrer com o problema novamente. Outros só precisam tomar o remédio por um curto espaço de tempo após a cura.

4 – Fitoterapia

Nos casos mais leves a moderados de depressão é possível curá-la através da fitoterapia. Esse tipo de tratamento é feito a base de plantas medicinais, ou seja, é natural.

O tratamento fitoterápico mais conhecido para os casos de depressão é a erva-de-São-João (hipérico). Além dessa planta, também é possível tratar o problema com a melissa ou erva- cidreira e a genciana. Essas plantas ajudam o paciente a dormir melhor e se sentirem bem, pois proporcionam calma e bem estar.

O ômega-3 também possui efeitos satisfatórios no tratamento contra a depressão. Sua propriedade anti-inflamatória explica os seus resultados positivos. Outra planta que também é muito usada devido aos resultados é o mulungu, que possui efeito ansiolítico e antidepressivo.

É importante frisar que apesar desses tratamentos serem a base de plantas medicinais e naturais, eles podem interferir no funcionamento de outros antidepressivos que o paciente possa tomar. Sendo assim, é fundamental questionar o médico responsável sobre o uso de ervas medicinais e do medicamento que está sendo ministrado.

Dicas para melhorar a depressão

Os tratamentos para depressão são eficientes de acordo com o tipo e nível da doença, por esse motivo somente o médico poderá indicar o tratamento mais adequado de acordo para cada paciente.

Familiares e amigos também possuem um papel de grande importância na batalha contra a depressão, pois o paciente precisará de todo o apoio necessário das pessoas que ele mais ama e confia.

Quem sofre com depressão precisa encontrar algo que lhe dê prazer e calma. Muitos pacientes encontram no artesanato, na jardinagem, na culinária um motivo para sair do isolamento. Se você conhece alguém que sofre com depressão, tente incluir pequenas atividades prazerosas no dia a dia desse paciente.

A depressão tem cura sim e pode ser alcançada por qualquer um. Basta o primeiro passo: assumir que possui um problema e buscar ajuda para começar um dos principais tratamentos.

 


O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (9 votes, average: 3,56 out of 5)
Loading...