Combate caseiro à queimadura: as vantagens e os perigos

As queimaduras são acidentes muito comuns e frequentes que podem se dar desde pequenas atitudes domésticas, até mesmo em grandes tragédias. Podem ter diversos graus e diferentes tecidos lesados, mas a conduta sempre deve ser a mesma.

No momento do desespero é comum apelar a remédios e soluções caseiras, que ao invés de ajudar, podem acabar piorando ainda mais a situação e retardando a cicatrização.

Quando se tratar de queimaduras grandes e graves é essencial que um médico seja buscado imediatamente! Ao buscar o socorro, todas as medidas corretas serão tomadas!

Quais os tipos de queimadura?

Existem diversos tipos de queimadura e definir de qual tipo se trata é essencial na hora de diagnosticar e tratar o problema.

Vale lembrar que essa análise sempre deve ser feita por um médico ou outro profissional responsável pelos atendimentos de primeiros socorros:

  • Primeiro grau: corresponde a um tipo de queimadura mais superficial, que envolve apenas a epiderme (camada mais externa da pele). O paciente queixa-se de dor intensa e vermelhidão, mas a recuperação se dá em 5 dias.
  • Segundo grau: além da epiderme, essa lesão já é mais profunda e atinge também a derme (a segunda camada da pele). A dor é mais intensa, formam-se bolhas e a recuperação pode levar até 3 semanas.
  • Terceiro grau: corresponde à forma mais intensa e profunda de queimadura, diversas camadas da pele são lesadas, podendo atingir nervos, glândulas sudoríparas e muito mais. Essas lesões requerem atendimento imediato e são de recuperação mais complicada e longa.

Soluções caseiras para tratar a queimadura: os perigos

Existem diversas “receitas” que passam de geração em geração para curar problemas de saúde e com as queimaduras não é diferente. Porém, nesses casos, ao invés de melhorar os sintomas a chance de piorar o quadro é enorme.

Sendo assim, observe quais condutas devem ser tomadas no momento de uma queimadura:

  • Retire a vítima da fonte causadora: em casos de incêndio e explosões, o primeiro passo é retirar a vítima.
  • Lave os ferimentos com água: desde queimaduras leves à mais graves pode-se lavar com água. Porém quando a queimadura se der por pó químico, esse procedimento NÃO deve ser realizado.
  • Não aplique pomadas nem outras receitas caseiras: tanto no momento da lesão quanto depois, não se pode aplicar nenhum medicamento ou solução, se não for recomendado pelo médico. Caso contrário, você poderá aumentar a queimadura e dificultar a cicatrização.
  • Não deixe tecidos, algodão ou outros curativos sobre a ferida: inicialmente a ferida não pode ser “embrulhada” em nenhum curativo. Além de precisar de oxigênio para se refazer, a presença de microrganismos na pele lesada por ser um fator potencial para graves infecções.
  • Não estoure as bolhas: a formação de bolhas é típica de queimaduras de segundo grau e como elas são uma forma de defesa do corpo, e também recorrentes do processo de cicatrização, devem ser mantidas.

Depois de feitos os procedimentos iniciais, é necessário manter a ferida sempre limpa, arejada e livre de qualquer tecido ou incômodo.

Se a cicatrização não estiver ocorrendo da forma esperada, busque seu médico e jamais se automedique!

Técnicas para aliviar a dor da queimadura

A dor de queimadura é sempre relatada como uma das piores dores que o ser humano pode sentir! Para isso existem algumas dicas e procedimentos simples na tentativa de amenizar essa dor:

Use água fria e gelo

Lavar a queimadura em água fria pode ser uma boa forma de higienizar e ao mesmo tempo aliviar a dor.

Se a dor estiver muito forte, deixe o local da queimadura dentro de um balde ou outro recipiente com água e gelo.

Anestésicos

Depois de 30 horas da lesão você poderá utilizar pomadas com anestésicos em sua composição (principalmente benzocaína).

Porém se esta não for indicação médica pergunte sempre ao farmacêutico, no momento da compra, se o produto é o mais indicado para o seu caso.

Medicamentos para a dor

O uso de anti-inflamatórios (AINES) pode ser feito para minimizar os efeitos da dor. Mas se esta for muito intensa, busque imediatamente um atendimento médico.

Aloe vera

Aplicar aloe vera dias depois da lesão pode ajudar no processo da cicatrização. Porém jamais faça isso horas ou minutos depois da queimadura!

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply