Cirurgião plástico – Quanto ganha e Quanto tempo de residência

O cirurgião plástico é o médico responsável pela execução de cirurgias plásticas reparadoras – aquelas que corrigem lesões – e estéticas- que produzem melhoras na aparência de seus pacientes.

Embora você tenha uma ideia superficial de como a cirurgia plástica funciona, é importante conhecer mais sobre essa profissão, em especial se você deseja ser um(a) profissional da área.

Cirurgião plástico e suas funções

Como dito, o cirurgião plástico tem como função prestar atendimento a seus pacientes na realização de cirurgias plásticas em que há reconstrução ou modificação de uma parte do corpo humano, tanto por razões estéticas como por razões médicas.

A cirurgia plástica reparadora, por exemplo, é aquela que corrige os defeitos congênitos ou adquiridos, bem como lesões deformantes. Essa categoria é considerada tão necessária como qualquer outro tipo de intervenção cirúrgica – afinal, a finalidade é aprimorar ou recuperar as funções de um determinado local do corpo do paciente, restabelecendo-o de maneira mais próxima possível do seu normal.

Enquanto vários pacientes submetem-se à cirurgia plástica por necessidade (no caso da reparadora), muitos outros buscam a cirurgia plástica por motivos estéticos, com o intuito de melhorar sua aparência – ou seja, não há melhora em seu estado de saúde, mas sim no aperfeiçoamento de algum aspecto físico que não seja do seu agrado.

Dessa forma, a cirurgia plástica estética age relacionada ao psicológico do paciente, não a qualquer necessidade funcional.

A Cirurgia Plástica é uma especialidade muito dinâmica e está em constante evolução graças às novas tecnologias e técnicas cirúrgicas. Por conta disso, a própria área de um cirurgião plástico pode incorporar vários campos de atuação.

Como um todo, as três áreas mais específicas da Cirurgia Plástica são:

cirurgiao plastico

Microcirurgia

A microcirurgia envolve todas as operações de estruturas do organismo que são invisíveis a olho nu. Tratando-se da Cirurgia Plástica em si, a microcirurgia é uma alternativa para as plásticas reconstrutivas, em especial para reimplante de membros amputados, para transplante de tecidos do corpo, para correção de defeitos e recuperação de movimentos em casos de paralisia.

Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial

Esta especialização tem como foco a execução de correções e tratamentos de alterações paranasais da face, maxilar, mandíbula e área interna da boca.

São exemplos de cirurgias realizadas por um cirurgião plástico desta área: fissuras de palato e lábio, fissuras faciais, reconstruções da face e do crânio após traumas ou ressecções neoplásicas, entre outros.

Cirurgia de Mão

A mão é um membro delicado e, por isso, conta com uma especialidade cirúrgica só para ela. É o caso da Cirurgia de Mão, na qual o médico cirurgião tem a responsabilidade de prevenir, diagnosticar, tratar e reabilitar as patologias que acometem as estruturas das mãos, incluindo os ossos, tendões, ligamentos, articulações, artérias, nervos e até a pele.

Obviamente, um cirurgião plástico pode atuar nas mais diversas atividades dentro da Cirurgia Plástica. Isso faz com que muitos cirurgiões plásticos tenham dificuldade para definir com clareza uma área de atuação, devendo pesar sua própria vontade profissional.

cirurgiao plastico

Principais cirurgias plásticas feitas no Brasil

O Brasil é o segundo país no ranking mundial de cirurgias plásticas, perdendo apenas para os Estados Unidos. Conforme dados fornecidos pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), o Brasil teve pouco mais de 1,2 milhões de cirurgias plástica e 1,1 milhão de procedimentos estéticos realizados no ano de 2015.

Saiba quais são as cirurgias plásticas mais feitas no Brasil:

  • Lipoaspiração;
  • Implante de silicone nos seios;
  • Cirurgia de pálpebra;
  • Abdominoplastia (procedimento que remove a gordura e a pele em excesso da área do abdômen);
  • Lifting de mama;
  • Redução de mama;
  • Rinoplastia (procedimento na estrutura nasal para melhorar a estética ou a respiração);
  • Aumento de bumbum por transferência de gordura;
  • Preenchimento do rosto;
  • Lifting de rosto;
  • Cirurgia na orelha;
  • Lifting de sobrancelha;
  • Lifting de pescoço – já falamos sobre o procedimento de rejuvenescimento facial aqui;
  • Redução de mama masculina;
  • Ninfoplastia (redução dos pequenos lábios vaginais) – já falamos sobre isso aqui.

Hoje em dia, as cirurgias plásticas são opções essenciais para muitos pacientes que sofrem de doenças graves, como o câncer. Para quem tem interesse os valores podem ser excluídos se conseguir o procedimento pelo SUS. 

É ainda possível afirmar que não só as mulheres fazem busca por cirurgias plásticas, mas também os homens começaram a deixar o preconceito de lado relacionado a esses procedimentos e tornaram-se mais vaidosos para reduzir qualquer imperfeição estética.

Cirurgião plástico

Para tornar-se cirurgião plástico, o caminho é longo. Não somente você precisa cursar a faculdade de Medicina – que tem duração média de seis anos -mas também é obrigatório que você faça:

  • Residência Médica em Cirurgia Geral, que, a partir de 2018, terá exigência de cumprimento de três anos;
  • Residência Médica em Cirurgia Plástica por mais três anos.

Ou seja, são três anos para criar intimidade com procedimentos cirúrgicos gerais para cumprir mais três anos na área de Cirurgia Plástica em uma escola credenciada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Não esqueça que depois desses onze anos de estudo você precisa realizar um exame para ingressar na SBCP, para ser aprovado(a) e ter o título de Especialista em Cirurgia Plástica.

Há alguns anos, o cirurgião plástico foi destacado como o profissional que detém os maiores salários entre a classe médica no Brasil, com salários que podem ultrapassar os R$20 mil por mês, dependendo, é claro, dos tipos de procedimentos realizados. Por curiosidade, existem profissionais na área da Cirurgia Plástica que podem alcançar R$100 mil mensais.

Quanto mais especializações para incrementar o currículo, mais o médico torna-se valorizado. Isso afeta diretamente na sua remuneração e reputação entre a classe e os pacientes.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply