Dor no peito – Principais causas e todos os cuidados que você deve tomar

Dores no peito são sempre motivo de alerta, já que é um dos sintomas do infarto cardíaco. No entanto não é sempre que esta dor está indicando problemas no coração. Mesmo assim, quando ela ocorrer, entenda que como um aviso do seu corpo para ir ao médico com urgência. Afinal, é justamente a procrastinação o fator decisivo para a sobrevivência de alguns.

Saiba aqui como prevenir, aliviar e entender quais são as doenças que a dor no peito é um  sintoma. Estudos feitos pela Universidade de Michigan nos anos 2000 avaliou 400 pacientes que continham freqüente dor no peito. Os diagnósticos mostraram que 53% das queixas não possuíam nenhuma causa definida, 36% eram decorrentes de problemas nos músculos ou esôfago e somente 11% possuíam problemas cardíacos.

dor no peito

Dor no Peito é sinal do quê?


coração-iconeCaixa torácica: 
A caixa torácica compõem os ossos que protegem nossos órgãos vitais (como o coração e o pulmão, por exemplo). As vezes, algumas dessas costelas sofrem pequenas infecções devido a batidas ou outras causas, a consequência disso são algumas fisgadas fortes que aparentam dor no peito, mas que na verdade, são nos ossos.


coração-iconeIsquemia cardíaca: 
A isquemia cardíaca é o primeiro sinal de infarto. Esta dor dá uma sensação de aperto no feito, falta de ar, palpitações, formigamento nos lábios e braço esquerdo e/ou pescoço.


coração-iconeEspasmo do esôfago: 
 Quando o músculo do esôfago se expande ou contrai a sensação é de dor na região do peito ou tórax, quando na verdade pode ser algum problema de digestão.


coração-iconeDor no lado direito do peito: 
Essa dor certamente não tem algo a ver com problemas cardíacos e nem musculares, mas sim na vesícula biliar. Inflamações ou cálculos neste órgão podem dar reflexo de dores em seu entorno. Na maior parte dos casos em que pacientes possuem problemas com a vesícula é feito uma cirurgia para retirá-la.


coração-iconePressão alta: 
Indivíduos que tem problemas de alta pressão sanguínea podem sofrer com dor no peito. É altamente recomendável buscar um médico cardiologista para começar a cuidar da pressão e controlá-la.

Outras possíveis relações da dor no peito com outras doenças são:

  • Artrite
  • Lesões musculares
  • Hipertensão pulmonar
  • Herpes
  • Gastrite e úlcera
  • Complicação nas veias ou aortas
  •  Problemas pulmonares como pneumonia ou embolia pulmonar
  • Entre outros

Como evitar Dor no Peito

ataque-cardiaco-300x199Como a dor no peito pode ter diversas causas é difícil recomendar uma prevenção específica. No entanto, algumas atitudes podem evitar a dor. A primeira delas é a ansiedade e stress, cerca de pelo menos 1;3 dos pacientes possuem alguma relação psicológica/emocional com dores corporais. Por tanto, adotar um estilo de vida mais tranqüilo pode ser o segredo para o fim das suas dores sem causa definida.

A prática de exercícios físicos e alimentação balanceada é a melhor forma de prevenir problemas cardíacos e dores no peito. As atividades físicas fazem o corpo funcionar por inteiro, forçando assim garantindo assim que os órgãos trabalhem mais e evite doenças.

O chá de camomila ou maracujá são bons remédios naturais anti-stress. Eles ajudam a pessoa a relaxar e evitar que a ansiedade estresse os órgãos, provocando irritações e, a longo prazo, doenças.

Remédios para dor no peito

O tratamento para dor no peito vai variar com a verdadeiro diagnostico de cada um. Ou seja, se você tem essas dores vá a um médico para analisar em que situação o seu organismo se enquadra e, a partir disso, fazer um tratamento eficaz. Lembre-se: os remédios para dor não resolvem o problema, apenas aliviam a dor. Conviver com dores apenas sanando-as através de remédios não significa que o problema está sendo eficazmente resolvido.

Os dois remédios para dor mais receitados em casos de dores no peito são

Procure um médico antes de tomar ambos os medicamentos e leia a bula aqui no site., para confirmar que você não tem nenhum tipo de alergia a alguma das substância e respeitar a posologia correta.


Você também Vai Gostar!


O Conteúdo FOi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votes, average: 4,47 out of 5)
Loading...