Bromoprida – Pra que serve? Bula, Posologia e Efeitos Colaterais

O medicamento bromoprida serve para aliviar dores gástricas, problemas gastrointestinais como: refluxo, náuseas, vômito e acidez em excesso. Também é utilizado para facilitar processos radiológicos na região do estômago ou intestino, pois promove o esvaziamento gástrico.

Assim, como todo e qualquer remédio, o bromoprida possui uma infinidade de recomendações de uso, indicações específicas e situações em que não deve ser utilizado. Confira aqui detalhes sobre a utilização deste medicamento e seus possíveis efeitos colaterais.

Quando usar bromoprida

bromopridaA solução oral pode ser utilizada para várias situações de dificuldades gastrointestinais. Entre elas:

  • Distúrbios de motilidade intestinal
  • Indigestão
  • Refluxo
  • Náusea e vômito
  • Acidez estomacal
  • Gastrenterites agudas.

Esse medicamento não é indicado para alívio de dores em geral como dor nas costasdor de cabeçador de dente entre outras e sim a melhoria de complicações da região gastrointestinal. Se você tem dúvidas sobre a necessidade de utilização da substância peça a orientação farmacêutica ou médica.

O bromoprida age no organismo de forma a controlar problemas no duodeno e jejuno. Ele causa movimentos peristálticos e tônus até causar esvaziamento gástrico, assim facilita procedimentos radiológicos do trato gastrointestinal.  Sempre que há problemas de digestão ou forte dor estomacal essa é uma das grandes possibilidades de tratamento e alívio dos sintomas.

Sua capacidade de tratamento é menos danosa do que medicamentos como o omeprazol, devido menor gravidade dos efeitos colaterais. O uso do bromoprida pode ser feito em crianças e adultos, desde que respeitado a posologia correta.

É Possível Resultados ABSURDOS com essa Técnica!

Assista: Vídeo revelador mostra como pessoas comuns estão superando o problema com a Azia, Gastrite e o Refluxo Para Sempre Usando um Método Simples, Seguro e 100% Natural! Clique aqui para assistir ao vídeo e entender como você pode conseguir também.

[/su_note]

Quanto tempo leva para fazer efeito?

A ação do medicamento se inicia de 1 a 2 horas após administração por via oral, tempo para fazer efeito no trato gastrointestinal. Recomenda-se que o uso aconteça antes das refeições para ter o máximo de eficácia do bromoprida no organismo, uma vez que tem efeito diretamente na região estomacal e precisa de boa absorção para um bom funcionamento.

Posologia

A posologia do medicamento também poderá variar de acordo com o problema a ser tratado e o paciente que tomará o remédio. A solução oral é utilizada por quantidade adequada, por isso a posologia varia de acordo com cada versão, se for somente para aliviar a dor 1 cápsula basta.

Gotas

Você poderá tomar o bromoprida até três vezes ao dia, sendo de 1 a 2 gotas por quilo que você possui. Por exemplo, se possui 60 quilos, você poderá tomar entre 60 e 120 gotas. Use o gotejador que já vem no medicamento em uma colher ou copo.

Para te ajudar na hora de contar as gotinhas, lembre-se que 24 gotas corresponde a 1 ml, ou seja, se você irá tomar entre 60 e 120 gotas, deverá tomar entre 2,5 e 5 ml do remédio.

Cápsula

A solução oral dessa versão contém 10 mg por cápsula. A dosagem máxima do medicamento é de 60 mg/dia. O médico poderá recomendar a ingestão de uma cápsula a cada 12 horas ou ainda a cada 8 horas, dependendo do problema a ser tratado.

Dependendo do caso, o medicamento poderá ter a dose ajustada, mas evite se automedicar, sempre procure avaliação médica.

Seu médico pode receitar posologias diferentes das orientadas pela bula oficial de acordo com a necessidade do seu organismo. Caso você precise utilizar esse medicamento devido a algum tipo de doença, não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Contraindicações

Bromoprida não deve ser utilizado nas seguintes situações:

  • Se o paciente tiver hemorragia gástrica
  • Em pacientes com feocromocitoma, pois pode desencadear crise hipertensiva
  • Pacientes epiléticos
  • Pacientes com alergia a algum dos componentes
  • Pacientes com glaucoma
  • Diabéticos
  • Gestantes
  • Pessoas com insuficiência renal
  • Para quem tem hipertensão arterial.

Se você tem alguma dessas complicações informe ao seu médicoBromoprida Como Usar

O bromoprida não deve ser utilizado por mulheres grávidas, pois pode causar reação para o bebê em gestação. Mães em fase de lactação também não devem utilizar medicamento, porque é transferido para o leite materno e não há estudos sobre os possíveis efeitos que ele causa em bebês. A medicação nesse caso só deverá acontecer sob prescrição médica quando os resultados compensarem os riscos.

Não há dados referente à utilização do remédio em crianças. Sabe-se que os efeitos colaterais podem ser frequentes em crianças abaixo dos 14 anos e também em idosos, principalmente os que têm insuficiência dos rins.

Seu médico poderá recomendar o uso da substância mesmo que você se enquadre em categorias de risco, nesse caso, dosagem e administração sofrerá alterações de acordo com as especificidades do seu organismo. A duração do tratamento dependerá da necessidade de cada um e só poderá ser avaliada por um especialista.

Diabéticos devem consultar um médico antes de utilizar a substância. Na maioria dos casos é necessário alterar a dose de insulina por conta das interferências que o remédio tem nos picos de açúcar do sangue.

Pacientes com câncer não devem fazer uso do remédio sem antes consultar um médico, principalmente em caso de câncer de mama.

Composição

Cada 24 ml do remédio contém 4 mg de bromoprida e adição dos seguintes componentes: sacarina sódica, propilenoglicol, metilparabeno, essência tutti-frutti, corante amarelo tartrazina 5, ácido cítrico, álcool etílico e água purificada.

Bula Bromoprida

Como outros medicamentos, na bula do bromoprida você encontrará todas as informações que precisa sobre o remédio, desde a sua composição, posologia adequada, contra indicações, efeitos colaterais entre outros. É importante ressaltar que esse remédio existe em duas versões: cápsulas e solução em gotas. Dependendo da versão a composição pode variar, mas ambos podem ser usados coma mesma finalidade. Se ficar alguma dúvida confira na URL as informações do laboratório Medley na bula oficial do bromoprida solução oral: http://img.onofre.com.br/BACKOFFICE/Uploads/Bula/121169.pdf

Efeitos colaterais – Reações adversas

Pacientes que já tomaram o bromoprida afirmaram ter sentido alguns sintomas causados pelo uso do medicamento, sendo os efeitos colaterais mais comuns:

  • Inquietação
  • Sonolência
  • Fadiga.

Entre os males menos comuns estão os sintomas:

  • Insônia
  • Cefaléia (dor de cabeça)
  • Tontura
  • Náusea
  • Contrações e espasmos musculares
  • Fraqueza
  • Erupções cutâneas e urticária
  • Distúrbios intestinais
  • Erupções cutâneas incluindo urticária
  • Ganho de peso.

Pacientes que usam bromoprida por longo período e são idosos constataram movimentos anormais perturbados (discinesia tardia). Antes de utilizar o medicamento siga a orientação médica, respeitando sempre os horários e utilização recomendada.

Interação com medicamentos

Misturar o bromoprida com álcool ou substâncias sedativas, narcóticos e tranquilizantes (ansiolíticos ou antidepressivos) pode resultar na potencialização dos efeitos sedativos, trazendo sonolência. Não ingira bebidas alcoólicas ou outras substâncias psicoativas durante o tratamento.

Não utilize o medicamento com outros remédios que têm efeito agressivo nos rins, principalmente se você já tiver histórico de problemas de insuficiência renal ou pedras. Você também pode substituir o bromoprida por outros medicamentos mais amenos, como ENO para aliviar enjoos, náuseas e acidez ou então, em caso de refluxo, o omeprazol.

Superdosagens

A dose máxima diária de bromoprida é de 60 mg. Ao ultrapassar esse limite os efeitos colaterais têm chances de aumento, no entanto, não há casos de superdosagens. Para evitar complicações respeite os horários das doses e a dosagem recomendada pelo seu médico. Realizar o uso sem a indicação médica poderá ser perigoso para a sua saúde, consulte um especialista antes de usar.

Pacientes que usam bromoprida com regularidade tem reação mais possível aos efeitos colateiras descritos.

Onde guardar

Esse medicamento deve ser armazenado em temperatura ambiente entre 15 °C e 30 °C em local arejado. O prazo de validade é de 24 meses (2 anos) após a data de fabricação que está impressa na embalagem externa.

Ao perceber que está sentindo algum desses sintomas informe seu médico. Dessa forma ele poderá ajustar a dose, suspender o uso ou substituí-lo por outro medicamento com efeito semelhante.


O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (621 votes, average: 4,87 out of 5)
Loading...

Leave a Reply