Berotec: Quem Pode Utilizar? Quais As Indicações? Cuidados e Prevenções.

O Berotec, que tem como principal princípio ativo o Fenoterol, é um medicamento utilizado para o tratamento de asma, bronquite ou enfisemas, atuando diretamente nas vias respiratórias, eliminando obstruções e facilitando assim a passagem do ar por até 8 horas.

Ele pode ser adquirido por meio de comprimidos ou em sua forma tradicional, que é em gotas em forma de xarope. Continue lendo essa matéria para ter mais informações sobre.

Berotec: Como Funciona?

berotecUtilizado principalmente para o tratamento de crises agudas de asma ou bronquite crônica, independente de suas causas. O seu efeito no organismo é rápido, agindo quase que imediatamente quando aplicado.

Conhecido por ser um broncodilatador, ele atua nas vias respiratórias, facilitando a passagem do ar. Esse efeito broncodilatador costuma durar cerca de 3 até 5 horas no organismo.

Seu princípio ativo é o bromidrato de fenoterol, atuando em estimular os receptores de beta 2 em doses terapêuticas que ativa a adenilciclase, que pela proteína Gs gera o aumento de nutrientes necessários para o correto funcionamento da musculatura lisa, relaxando-a.

É comumente encontrado em frascos com 20 ml, seu valor pode variar de R$ 3 até R$ 15, tudo de acordo com a quantidade comprada, marca, região e farmácia.

Efeitos Colaterais

Fique atento as reações adversas comuns para quem realiza o tratamento com Berotec, que são:

  • Hipocalemia;
  • Hipersensibilidade;
  • Nervosismo e agitação;
  • Dores de cabeça, tonturas e tremores;
  • Arritmia, taquicardia, palpitação e isquemia do miocárdio;
  • Tosse, irritação da garganta e broncoespasmo paradoxal;
  • Náuseas e vômito;
  • Sudorese;
  • Erupções cutâneas e urticária;
  • Fraqueza dos músculos, espasmos musculares e mialgia.

efeitos-colaterais-do-berotec

Caso os sintomas se estendam ou saiam fora do esperado, o indicado é que se procure um médico o mais rápido possível. Não faça o uso desse medicamento sem a indicação médica correta, talvez ele não seja o mais indicado para o tratamento da sua condição ou do paciente.

Contraindicações

É preciso que se tenha atenção sobre quem pode tomar esse medicamento, fique atento se caso o paciente está incluído nas contraindicações, que são:

  • Pacientes que possuem hipertireoidismo, taquiarritmia, cardiomiopatia ou obstrutiva hipertrófica;
  • Pessoas que possuam alergias a algum componente da fórmula, principalmente ao bromidrato de fenoterol;
  • Em caso de doenças crônicas, é preciso consultar o médico.

Mulheres grávidas ou em período de amamentação podem realizar o uso até o primeiro trimestre de gestação, consulte o médico para verificar as indicações ou contraindicações.

É preciso cuidado caso o paciente faça a ingestão de outros medicamentos para doenças crônicas ou outras condições, existem algumas restrições em relação as interações medicamentosas, para mais informações, leia a bula aqui.

Posologia: Como Tomar o Berotec?

berotec-como-tomar

A via que é mais utilizada para a ingestão do Berotec é a inalatória, uso oral é utilizado somente por pacientes que não estejam capacitados de fazer seu uso da maneira tradicional.

A solução é adaptada de acordo com cada individuo, porém, os métodos comuns são:

  • Adultos, idosos e crianças acima de 12 anos

O uso é de 10 até 20 gotas diariamente por 3 vezes.

  • Crianças de 6 até 12 anos

O aconselhado é o uso de 10 gotas por até 3 vezes diárias.

  • Crianças de 1 até 6 anos

O uso de 5 até 10 gotas em até 3 vezes diárias.

  • Crianças de até 1 ano

O uso de 3 até 7 gotas, de 2 até 3 vezes diárias.

O aconselhado é que seja aplicado antes das refeições para todos os casos citados acima, veja um vídeo abaixo sobre os principais medicamentos utilizados em casos de asma:

É comum o uso desse medicamento como método de inalação, utilizado em crises de asma, aliviando assim os sintomas, verifique corretamente qual a dosagem indicado para cada tipo de paciente nesse caso.

Em caso de superdosagem, os sintomas comuns são de taquicardia, palpitações, tremores, dores, hipertensão, hipotensão, arritmias e ruborização. O paciente deve ser levado o mais rápido possível a um posto de saúde ou hospital, dessa maneira, o tratamento mais correto será aplicado. Geralmente inclui bloqueadores de betareceptores.

Cuidados Com Problemas Respiratórios

Pessoas que sofrem com problemas respiratórios costumam ter mais de um causador da dificuldade de respirar, pode ser asma, bronquite ou até mesmo uma rinite ou sinusite. Existem alguns hábitos que podem ser adotados que podem prevenir e até mesmo amenizar os incômodos dessas causas, confira abaixo quais são:

  • Tomar bastante água: indicado para manter o sistema imunológico sempre em bom funcionamento, limpando também o organismo de impurezas presentes no ar;
  • Realize testes de alergia: por meio deles, é possível determinar exatamente qual a causa principal das crises, evitando assim o contato com o causador;
  • Tenha uma alimentação saudável, isso faz com que o sistema imunológico fique sempre protegido dos invasores;
  • Pratique atividades físicas, isso faz com que os causadores de alergia sejam eliminados do corpo humano, aumentando também a resistência do corpo.

O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votes, average: 4,75 out of 5)
Loading...