Aminoácidos: Entenda A Importância Para O Organismo

Os aminoácidos são fundamentais para que o corpo possa produzir a quantidade de proteínas necessárias para funcionar corretamente. Além disso, as proteínas são imprescindíveis para o crescimento muscular e também para a definição dos músculos entre outras funções importantes. Isso faz com que os aminoácidos (essenciais e não essenciais) tornem-se de extrema importância para quem faz musculação.

Entenda melhor para que servem os aminoácidos e os seus benefícios para o corpo.

O Que São e Para Que Servem os Aminoácidos

Primeiramente, saiba que os aminoácidos são compostos de átomos de carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio. O corpo humano precisa de 20 tipos de aminoácidos diferentes para funcionar corretamente e, para formar as proteínas, os aminoácidos são unidos através de ligações peptídicas.

As proteínas são fundamentais para ganhar massa muscular e também parar restaurar os músculos. Sendo assim, quem pratica exercício físico precisa dos aminoácidos, tanto os essenciais como ou os não essenciais.

Aminoácidos Essenciais

Os aminoácidos essenciais são aqueles que o corpo não consegue reproduzir e são obtidos a partir da alimentação ou
suplementação. São eles:

  • Histidina;
  • Treonina;
  • Metionina;
  • Lisina;
  • Valina;
  • Leucina;
  • Isoleucina;
  • Fenilalanina;
  • Triptofano.

Aminoácidos Não Essenciais

Os aminoácidos não essenciais são aqueles que o corpo é capaz de produzir, mas sua produção pode ser estimulada através de suplementação. São eles:

  • Glutamina;
  • Ácido glutâmico;
  • Ácido Aspártico;
  • Asparagina;
  • Alanina;
  • Serina;
  • Taurina.

Quais Os Seus Benefícios

Os aminoácidos possuem vários benefícios para o corpo humano. Para quem pratica esporte, alguns tipos de aminoácidos são os mais buscados devido aos seus benefícios, são eles:

  • BCAA – contém 3 tipos de aminoácidos essenciais (valina, isoleucina e leucina). Ele é responsável por evitar o catabolismo protéico e aumentar a síntese de proteína do organismo. Além disso, o BCAA também melhora o desempenho durante o treino.
  • Arginina – esse aminoácido aumenta a produção do hormônio do crescimento, além de regular a pressão sanguínea, já que ele causa vasorrelaxamento dos vasos.
  • Creatina – responsável pela regeneração de ATP durante o exercício, porém pode causar retenção de líquidos, resultado em inchaços. É composto de 3 aminoácidos: arginina, glicina e metionina.
  • Glutamina – sua função é controlar o sistema imunológico, eliminar a amônia do organismo e aumentar a síntese protéica. A Glutamina também evita os estados catabólicos do corpo.

Cada aminoácido possui um papel diferente e importante no organismo. Porém, de um modo geral, seus principais benefícios são:

  • Promover a síntese protéica;
  • Agem como substratos energéticos, proporcionando maior energia durante os treinos;
  • Estimulam o crescimento;
  • Melhoram o sistema imunológico;
  • Regulam os hormônios;

É possível ainda encontrar benefícios específicos de cada tipo de aminoácido. Existem vários tipos, mas entre os essenciais e não essenciais que o organismo precisa, podemos listar cerca de 20 aminoácidos.

Como Tomar Aminoácidos?

Primeiramente saiba que é fundamental ingerir a quantidade adequada de aminoácidos, pois o seu excesso poderá causar problemas nos rins. Já que altas doses podem dificultar a eliminação da amônia, resultante do excesso de nitrogênio.

Cada tipo de aminoácido possui uma dose recomendada na embalagem, podendo variar também de acordo com o fabricante. O ideal é consultar um nutricionista para estipular o tipo e a quantidade que deverá ser tomado. Lembre-se que os aminoácidos essenciais também estão presentes em alimentos de origem vegetal e animal.

De um modo geral, a quantidade diária recomendada de aminoácidos é entre 1,2 a 1,4 gramas por quilo do seu peso. Porém, se você prática exercícios com o intuito de ganhar massa muscular, a quantidade recomendada é de 1,7 a 1,8 gramas por dia.

Quais Os Efeitos Colaterais Dos Aminoácidos

Assim como outros suplementos, os aminoácidos podem vir acompanhados de efeitos colaterais. Da mesma forma que cada tipo de aminoácido tem seus benefícios e funções especificas, os efeitos colaterais também podem variar de acordo com o tipo de aminoácido ingerido.

O BCAA, por exemplo, tem como efeito colateral náusea, dor (mal estar) e dores de cabeça. Além disso, ele também pode interferir nos níveis de glicose do sangue, mas em apenas em determinados casos. Se o aminoácido BCCA foi ingerido junto com outros medicamentos, como para diabetes, podem causar outros problemas e/ou prejudicar os efeitos do mesmo.

De um modo geral, os aminoácidos podem causar inquietação, ansiedade, agitação e até mesmo taquicardia. Os efeitos colaterais costumam aparecer em casos de superdosagem ou quando o suplemento é consumido junto com outros remédios. Por esse motivo é fundamental o acompanhamento médico antes de iniciar qualquer suplementação ou medicamento novo.


O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...